Fique por dentro de todas as novidades, dicas de beleza e tire suas dúvidas sobre os produtos Anna Pegova

Como driblar a transpiração excessiva no verão

Como driblar a transpiração excessiva no verão

Sol, altas temperaturas, calor e … muito suor.  Para minimizar esse desconforto, revelamos alguns truques contra a transpiração excessiva, muito comum nessa estação!

A transpiração é um processo automático do corpo que acontece para adaptá-lo às temperaturas do ambiente. Este processo natural é chamado de termorregulação. Por isso é supercomum que em estações mais quentes, como o verão e a primavera, transpiremos mais.  

Quando a temperatura do ambiente esquenta pode levar um tempo para o corpo se ajustar. Neste caso, o suor é produzido em maior quantidade porque o organismo trabalha mais.

A quantidade de suor que o corpo produz depende de cada metabolismo e depende de diversos fatores, da estrutura do corpo do paciente até a saúde mental e emocional.

Suor e cheiro

O suor não tem cheiro. O que provoca o mau cheiro são as bactérias e a glândula sebácea. Regiões de dobras, como axila, genitais e pés, que estão quase sempre abafados, costumam dar mau cheiro com o suor. A umidade e o calor nessas regiões favorecem à maior proliferação de bactérias. O mau cheiro vem dos gases liberados por elas.

Glândulas sudoríparas

Também conhecidas como glândulas de suor, são células epiteliais presentes na pele que possuem a importante função de secretar o suor, possibilitando a regulação da temperatura corporal e a eliminação de substâncias tóxicas ao organismo.

Existem 2 tipos destas glândulas:

– Écrinas: presentes no corpo todo e mais numerosas na palma das mãos, planta dos pés e couro cabeludo. Produzem um líquido incolor e inodoro, reagindo ao calor, ao esforço físico, estresse e aos estímulos emocionais.

Sua secreção é mais elevada no homem do que nas mulheres.

– Apócrinas: se concentram em determinadas áreas do corpo como na virilha, axilas, umbigo, ao redor dos mamilos e nos dutos auditivos. Fabricam uma secreção leitosa composta de proteínas, açúcares, amônia e gorduras. Estão relacionadas às raízes dos pelos e reagem aos estímulos nervosos como raiva, medo e excitação.

Transpirar emagrece?

A ideia de que suor emagrece é, na verdade, um mito. Ao produzir uma maior quantidade de suor, o corpo está apenas trabalhando dobrado para manter o equilíbrio da temperatura – seja por conta de exercícios físicos ou por estar lidando com altas temperaturas no ambiente.

Hiperidrose

A hiperidrose atinge 1 a 3% da população mundial e acontece quando as glândulas sudoríparas são hiperfuncionantes. Mas nem todo suor excessivo é hiperidrose. Existem critérios clínicos para diagnosticar a doença. Uma pessoa que sua excessivamente quando faz atividade física ou se expõe ao calor tem uma reação fisiológica. Já a pessoa com hiperidrose sua exageradamente, de maneira localizada e simétrica – nas mãos, pés, face – em condições não fisiológicas, como frio, ambientes climatizados, depois do banho, por fatores emocionais e também no calor.

Desodorante X Antitranspirante

Você sabia que há diferença entre antitranspirantesdesodorantes? O desodorante remove o odor das axilas e o antitranspirante atua reduzindo a quantidade de suorproduzido. Boa parte dos antitranspirantes hoje funciona também como desodorante, aliando as duas funções.

Sais de alumínio, parabenos e triclosan

Muitos desodorantes e antitranspirantes têm na fórmula sais de alumínio, parabenos  e triclosan.  substâncias que podem desencadear desde reações alérgicas a problemas mais graves – estudos relacionam tais substâncias ao câncer de mama e ao mal de Alzheimer, porém não existe nenhuma conclusão sobre o possível fator cancerígeno nas fórmulas. Vale procurar produtos mais naturais, formulados com ingredientes únicos que podem tratar a região e ser eficaz contra o suor.

Como resolver?

Mudanças simples na sua rotina podem fazer toda a diferença. Aqui estão dicas de como controlar o suor excessivo nos dias de muito calor:

  • Mantenha-se hidratado para o corpo manter a temperatura interna equilibrada. Quanto mais hidratado você estiver, mais eficiente será este processo;
  • Beba água e evite bebidas efervescentes e alcoólicas;
  • Procure se exercitar no início da manhã, quando o sol ainda está baixo;
  • Uma dica para transpirar menos é usar roupas de cores claras e tecidos leves, como o algodão e o linho, que ajudam a pele respirar e o suor evaporar;
  • Liberamos metade de um litro de suor por dia nos pés. Por isso, use sandálias ou chinelos para facilitar a transpiração;
  • Para evitar o suor noturno, use pijama e roupas de cama de tecidos leves;
  • Comida picante pode desencadear o suor, bem como bebidas quentes. Se consumir chá e café, certifique-se de beber muita água, pois a cafeína desidrata.

DEÓDORANT HYPOALLERGÉNIQUE

Um bom desodorante com garantia e qualidade pode fazer toda a diferença. O Deódorant Hypoallergénique, da ANNA PEGOVA é indicado para uso diário e na fórmula, agentes bactericidas, que inibem o crescimento das bactérias causadoras do odor; hamamélis, para equilibrar o suor sem ressecar a pele; e extratos vegetais, que controlam o suor.  É livre de sais alumínio, parabenos e triclosan. O Deódorant Hypoallergénique foi desenvolvido sem agressão ao meio ambiente e é isento de testes em animais. É hipoalergênico, sem perfume, unissex e indicado para todos os tipos de pele, inclusive as mais sensíveis.


Desodorante Unissex Hipoalergênico 


Déodorant Hypoallergénique – Desodorante hipoalergênico e unissex. De longa duração, sem perfume, para todos os tipos de peles, inclusive as mais sensíveis.

R$ 57,00 ou 2x de R$ 28,50



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *