Fique por dentro de todas as novidades, dicas de beleza e tire suas dúvidas sobre os produtos Anna Pegova

Toxina Botulínica X Ácido Hialurônico

Toxina Botulínica X Ácido Hialurônico

Ledo engano para quem pensa que a aplicação da toxina botulínica e o preenchimento com ácido hialurônico têm o mesmo efeito. Os dois procedimentos apresentam objetivos distintos, mas a mesma finalidade: diminuir os sinais de envelhecimento da pele, como rugas, linhas de expressão e flacidez.

TOXINA BOTULÍNICA

Como o próprio nome diz, é uma toxina produzida por uma bactéria chamada Clostridium Botulinium. A substância é usada para paralisar o músculo, consequentemente, impedindo a contração muscular, que é o que forma as rugas e as marcas de expressão.

Onde aplicar?

A toxina botulínica é mais utilizada para tratar as marcas de expressão do terço superior da face, ou seja, é bastante indicada para eliminar pés de galinha, rugas que se formam entre as sobrancelhas e as linhas horizontais na testa. O procedimento relaxa a musculatura de forma a disfarçar a aparência das rugas já existentes e a prevenir o surgimento de outras mais profundas.

Como funciona?

O tratamento consiste na aplicação de pequenas doses da toxina por meio de injeções e em pontos específicos da região que se deseja tratar. A intenção é que os resultados sejam sempre os mais naturais possíveis, por isso, tais pontos e a quantidade necessária do produto são definidos de acordo com o objetivo desejado e sob avaliação médica.

Os Institutos-Boutiques Anna Pegova, têm uma equipe especializada, com dermatologistas treinados para realizar a aplicação da toxina botulínica de forma eficiente e segura.

Tratamento preventivo

Qualquer pessoa pode fazer uma aplicação de toxina botulínica, mas indica-se geralmente para quem deseja prevenir os sinais do tempo na pele. Portanto, ela pode sim ser usada para tratar as rugas em pessoas de 50 anos, mas também é muito útil para prevenir o aparecimento de marcas de expressão aos 30, afinal, a aplicação correta e periódica já nesta faixa etária permite chegar aos 50 com uma aparência mais jovial.

Durabilidade

Os efeitos da toxina botulínica duram, em média, de 4 a 6 meses. O período entre as sessões varia de paciente para paciente e para que o resultado seja efetivo é preciso fazer sempre uma manutenção.

Dermocosméticos como grandes aliados

Usar dermocosméticos de alta performance é imprescindível para manter a beleza e a jovialidade da pele. Mas o que muita gente não sabe é que a Anna Pegova tem produtos específicos que podem prolongar os efeitos da toxina botulínica. O crème Akinésine, por exemplo, é um anti-idade global, firmador, antirrugas e antiglicante com efeito “HappySkin”. Na fórmula, peptídeos dermodescontractantes que age similar a toxina botulínica (conhecida como botox®), responsável pelo efeito “botox like”, ou seja, a durabilidade da toxina na pele é prolongada. Também estimula a síntese do colágeno em 300%, reestruturando de dentro para fora, e protege o DNA celular do estresse oxidativo – na composição ainda tem ácido hialurônico, glicoproteínas e ômega 3.

ÁCIDO HIALURÔNICO

O ácido hialurônico é uma substância naturalmente presente no organismo que preenche os espaços entre as células. Ele está presente em todos os órgãos do corpo, em proporções diferentes, porém em maior quantidade na pele (cerca de 50%). Este ácido atrai e retém a água dando mais nutrição, viço, proteção, sustentação, firmeza e textura. Com o passar dos anos a concentração dessa substância diminui, o que promove o surgimento de rugas, ressecamento e flacidez.

Nosso organismo degrada, com o decorrer do tempo, cerca de 1/3 do ácido hialurônico, fazendo com que a pele desidrate e perca a densidade. Desta forma, é fundamental repor esse ativo após a interrupção dessa produção.

Benefícios:

  • Super-hidratante;
  • Previne o envelhecimento precoce da pele;
  • Evita o surgimento das rugas e linhas de expressão;
  • Controla a flacidez;
  • Previne e trata alguns tipos de olheiras;
  • Fortalece a pele;
  • Aliado ao antioxidante protege a região contra a radiação solar e poluição.

Como repor o ácido hialurônico?

Existem duas maneiras de devolver essa substância para a pele: através do uso de dermocosméticos e de procedimentos clínicos mais invasivos.

O tratamento feito de forma tópica age de forma sinérgica, oferecendo muita hidratação, viço e firmeza. Uma grande vantagem desse ativo é que ele apresenta uma boa compatibilidade com a pele, podendo ser usado tanto durante o dia, aliado ao filtro solar, quanto à noite.

O sérum Hyalu, por exemplo, apresenta três tipos de ácidos hialurônicos puros, vetorizados e com excelente estabilidade, sendo 2 com baixo peso molecular que penetram profundamente na pele e aumentam em 200 vezes a quantidade de água, preenchendo as rugas de dentro para fora. O 3º ácido hialurônico, de médio peso molecular, forma um filme hidratante na superfície da pele para protegê-la, impedindo a desidratação, deixando-a lisa e macia. Ainda estimula os fatores de crescimento, repara e regenera as fibras de colágeno e elastina e têm ativos que  protegem a pele da luz azul e da luz visível, ou seja, é um dermocosmético completo que age como preenchedor e reparador da pele.

Os ácidos hialurônicos usados na fórmula do Hyalu permanecem na profundidade da pele e não são removidos facilmente, mantendo a hidratação da pele mesmo após a sua higienização.

Já o preenchimento injetável é feito para repor o volume em uma determinada parte do rosto ou para atenuar aqueles sulcos mais profundos. A técnica tem por objetivo redefinir contornos da face, como queixo, mandíbula, nariz, maçãs do rosto, e tratar marcas mais intensas, como o “bigode chinês, na região da boca e as famosas olheiras. Os resultados das aplicações surgem logo após o procedimento, e duram entre 6 meses e 2 anos, dependendo do organismo de cada paciente e da profundidade de cada região afetada.

Os Institutos-Boutiques Anna Pegova apresentam tratamentos exclusivos, realizados por médicos, com ácido hialurônico que visam o rejuvenescimento da pele. Acesse o site e marque a sua avaliação!

Existe uma idade ideal para começar o tratamento com ácido hialurônico?

Como já mencionamos, o ácido hialurônico é produzido naturalmente pelo nosso corpo, porém, a partir dos 25 anos, a produção dessa substância começa a diminuir, afetando diretamente a estrutura da pele, com marcas de expressão e flacidez. Portanto, é nesta idade que deve-se começar o tratamento com o uso de produtos que possuem essa substância para prevenir o surgimento precoce das rugas e outros sinais do envelhecimento precoce.

Associar o preenchimento com ácido hialurônico com o uso de dermocosméticos enriquecidos com essa substância é o segredo para uma pele eternamente jovem.


Anti-idade Global e Firmador Anna Pegova

Um antiestrias que funciona! Estimula e regenera a pele reduzindo o tamanho e a aparência das estrias recentes ou antigas. Resultados comprovados graças a sua fórmula com mais de 15 ativos exclusivos.









Sérum Hyalu TGF Repair Preenchedor Antirrugas Antipoluição e Antiluz Visível

Dermocosmético, preenche as rugas com 3 Ácidos Hialurônicos puros, regenera a pele ativando a produção de Fatores de Crescimento TGF assim como protege contra a poluição e a luz visível e azul.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *